Todos esperavam pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Fórum Econômico Mundial, mas ontem à noite Lula passou mal durante o vôo que o levava à Suíça e foi internado em Recife com um quadro de hipertensão alta.

Segundo Cléber Ferreira, médico que acompanha Lula nas viagens, a sua pressão chegou a 18 por 13, sendo que o normal é 12 por 10. Ele recebeu alta hoje de manhã, e agora deve seguir para São Bernardo, sua cidade natal.

Tudo aconteceu de repente, depois de um jantar oferecido pelo governador de Pernambuco, Lula se sentiu indisposto e foi parar no hospital. O mesmo poderia ter ocorrido com qualquer pessoa, sem hora para chegar e, às vezes, sem sentir nenhuma dor.

A Crise hipertensiva pode atingir você

Em uma entrevista a Rádio CBN, o Dr. Miguel Antonio Moretti, médico cardiologista do Incor – Instituto do coração – falou sobre essa doença, como ela afeta outros órgãos do corpo, quais exames são feitos para identificar sua causa, e quais as pessoas que têm mais riscos de ter uma crise como a que atingiu o presidente Lula.

Segundo o Dr. Moretti, durante uma crise hipertensiva, muitas vezes, o paciente pode não estar sentindo nada, principalmente os diabéticos. Às vezes, ele pode apresentar quadros semelhantes a um derrame, ou a um infarto.

O médico que for examinar o paciente que deu entrada no hospital com a hipertensão muito alta deve ficar muito atento, pois esse quadro pode afetar órgãos importantes do nosso corpo, como o rim, o coração e o cérebro. A alteração no funcionamento desses órgãos pode levar o paciente a óbito.

Tipos de exames

Os exames mais utilizados para saber a causa da crise hipertensiva são o eletrocardiograma, tomografia, Raio-X do tórax, exame de fundo de olho e a cintilografia.

Um causa possível da crise hipertensiva pode ser uma dissecção da aorta, que provoca uma abertura em seu revestimento interno, fazendo com que o sangue escape pela abertura e provoque hemorragia interna.

Sintomas

Segundo o cardiologista do Incor, pessoas que sofrem com hipertensão alta raramente têm sintomas, e só quando passam pelo médico é que descobrem que a pressão está alta. A partir de 13,5 por 8,5 a pressão já é considerada alta. Um dos sintomas pode ser dor de cabeça.

Grupo de risco

Se você é homem, tem idade a partir de 45 anos, fuma, é hipertenso e diabético, o risco de ter uma angina – dor no peito causada pelo baixo fornecimento de oxigênio para o músculo cardíaco – ou um pré-infarto é maior.

Mas mesmo quem não faz parte desse grupo deve ficar atento a alguns sintomas comuns em quadros de angina e pré-infarto: dor no peito que parece um aperto, podendo passar para o braço esquerdo.

Ouça a entrevista completa do Dr. Miguel Antonio Moretti, médico cardiologista do Incor, para a CBN

COMENTÁRIOS:

Comentários

2 Respostas para “Crise hipertensiva faz presidente passar mal. Você também precisa ficar atento!”

Comente

Deixe aqui sua opinião...