A poluição das ruas pode ser uma vilã ao ambiente de trabalho. A qualidade do ar externo, cada vez mais afetado por gases do efeito estufa, é capaz de adentrar nos escritórios e nas casas e pode influenciar as atitudes das pessoas.

De acordo com um experimento realizado na Universidade Brigham Young ambientes limpos e perfumados tornam as pessoas mais justas, generosas e leais. Na ocasião, os participantes situados em salas mais cheirosas se mostraram mais propensos a trabalhar voluntariamente e devolver dinheiro em relação aos que estavam em ambientes “normais”.

O resultado da pesquisa pode servir como uma opção muito mais natural e tênue para incentivar o comportamento ético de seus colaboradores e de seus filhos. Porém, o cheiro em excesso pode acarretar o efeito contrário.

Produtos de limpeza, tintas e vernizes são também considerados poluentes, pois são formulados com COVs, uma substância que pode causar irritações, fadiga e falta de ar. Soluções eficientes são testar produtos de limpeza ecológicos existentes no mercado e evitar os clandestinos.

Para retirar poeira é preferível o uso de vassouras, aspiradores de pó e panos ou somente água e sabão para diminuir o uso de produtos químicos. O duto do ar-condicionado deve ser limpo a cada 6 meses pelo menos, e plantas são ótimas aliadas.

Confira algumas delas e purifique o ambiente!

Gérbera, Begônia e Crisântemo: indicadas contra fumaça de cigarro. Utilizar nas salas e quartos;

Azaléia e Antúrio: combatem poluentes como COVs e amoníacos. São indicadas para cozinhas e banheiros;

Cactos: combatem ondas eletromagnéticas. A dica é colocá-los próximo ao micro-ondas e televisores;

Orquídea-Borboleta: indicada para equilibrar a umidade;

Flor-do-Natal e Lírio: para cômodos pouco ventilados.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...